Ir para conteúdo

Picolinato de Cromo: Para Que Serve? e Como Tomar?

Picolinato de Cromo: Para Que Serve, Efeitos Colaterais e Como Tomar

  O mercado de suplementos e compostos emagrecedores possui um peculiar composto chamado picolinato de cromo, vendido como o mineral milagroso que ajuda a emagrecer (dentre outros efeitos, os quais veremos detalhadamente mais para a frente). Como a maioria dos suplementos nutricionais, o picolinato de cromo é encontrado, em sua maioria, na forma de cápsulas e nem todos os seus usos foram regulados pela FDA (Food and Drug Administration).

O cromo é um mineral natural encontrado em muitos suplementos e em alguns alimentos, como carne, ovos, alimentos processados, gorduras e óleos vegetais. Também está presente em outras comidas, desta vez mais saudáveis: cenouras, batatas, brócolis e grãos. O cromo, associado ao picolinato, é mais facilmente absorvido pelo corpo humano, e é por essa razão que é vendido nessa forma pelos mercados de suplementos.

Para que serve?

Agora que já está claro o que é o picolinato de cromo, chegou a hora de esclarecer como age no corpo humano e para que serve esse composto. Como já foi visto, essa combinação de cromo e picolinato produz um composto natural que produz inúmeros efeitos se consumido por humanos.

 

Umas das principais funções do cromo é de efetivar o efeito da insulina; a falta desse mineral pode levar a sérios danos aos sistemas dependentes de insulina, que é responsável por elevar os níveis de glicose no sangue, como após as refeições, fornecendo energia. Outro papel importante da insulina é de atuar no metabolismo do carboidrato, da gordura e da proteína.

 

Na medicina alternativa, o picolinato de cromo é comumente utilizado para abaixar o colesterol e otimizar a utilização de glicose pelo corpo. Vendido no mercado de suplementos, o picolinato de cromo é conhecido por ajudar na perda de peso, ao passo que auxilia na redução de gordura corporal e na construção de massa muscular.

 Picolinato de cromo ajuda a emagrecer?

Estudos que abrangem a suplementação com o picolinato de cromo demonstram que há alguns pequenos benefícios deste composto na perda de peso ou de gordura. Porém, esse benefício é muito pequeno e as pesquisas mostram que o que se pode perder com o picolinato de cromo é aproximadamente 1 quilo.

Não há estudos que comprovem que o picolinato de cromo emagrece sem o auxílio de dieta e exercícios físicos. Dos diversos estudos sobre o assunto, um deles foi publicado no International Journal of Sport Nutrition e testava os efeitos da dosagem diária do picolinato de cromo, durante nove semanas. As cobaias desse estudo eram jogadores de futebol e foram analisadas as mudanças na porcentagem de suas massas musculares, gordura corporal e força. Assim como diversas outras pesquisas, o picolinato de cromo não trouxe mudanças efetivas na composição corpórea ou na força desses jogadores, mesmo durante seus treinos.

 Alimentos que contêm cromo:

Como já foi dito, o cromo é um mineral natural presente em diversos alimentos, mesmo que em pouca quantidade. Dietas baseadas nesses alimentos não são tão eficazes, pois a quantidade de cromo presente neles é muito afetada e prejudicada pelos processos da agricultura e da indústria.

Porém, vale a pena investir nos seguintes alimentos, que são ricos em cromo: brócolis, suco de uva, batatas, alho, manjericão, suco de laranja, peito de peru, bife, pães integrais, vinho tinto, maçãs, bananas e vagens. Já as comidas ricas em açúcar, principalmente a sacarose e frutose, contêm pouco cromo e devem ser evitadas.

Benefícios:

O picolinato de cromo é promovido na sociedade como um suplemento milagroso capaz de trazer inúmeros benefícios, como ajudar a combater as diabetes, obesidade e a construir massa muscular.

A verdade é que o cromo é um importante mineral e cheio de benefícios, o qual ajuda a processar carboidratos e gorduras, além de otimizar o papel da insulina, como vimos anteriormente. Por esses fatores, acredita-se que esse suplemento ajuda na perda de peso, além de diminuir o apetite, aumentar a energia e a força. Porém, esses fatores não são todos comprovados cientificamente e é importante que um médico ou nutricionista aconselhe o consumidor se o melhor suplemento a tomar é de fato o picolinato de cromo.

 Como tomar?

Depois de consultar um médico e constatar que, de dato, o picolinato de cromo é a melhor opção para você, resta saber como tomar esse suplemento. A ingestão deve ser entre 25 e 35 mcg diariamente e durante uma das principais refeições. A dica é não exagerar no consumo, pois isso poderá desencadear diversos efeitos colaterais severos. 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: